sábado, 31 de dezembro de 2011

Café com Biscoitos

Sabe aqueles dias em que você não sabe o que desenhar? Estava eu, assim no dia de hoje.
Conversando com um amigo meu, ele me propôs um tema: Café com biscoitos. Para o blog dele, o amigo é o Fernando e o blog é esse: http://grapegum.wordpress.com/
Neste blog ele escreve contos, dicas de livros. Bem interessante.
Aí a ideia veio e eu juntei 5 personagens que eu amo. Mary Poppins, Matilda, Enriqueta e Fellini e por último a Alice com o chapéu do Hatter. 
Um dos efeitos que eu mais gosto é a intertextualidade. Neste desenho a Alice trocou chá por café e ficou mais louca que o chapeleiro, os outros participantes da mesa estão achando um tanto estranho. E como uma boa babá que é, Mary está tentando botar ordem na casa.
Desenho feito com pastel seco e oleoso (fundo) e nankin e lápis de cor crayola (desenho principal).
Um bom 2012 para todos, é bom fechar o ano com um desenho legal =)






Personagens:
Alice do livro Alice no País das Maravilhas por Lewis Carroll
Enriqueta e Fellini de Macanudo por Liniers
Mary Poppins do filme baseado nos livros por P.L. Travers
Matilda do livro homônimo de Roald Dahl

domingo, 18 de dezembro de 2011

Tá tudo azul..

Desenho que eu fiz na quinta, e só consegui pintar hoje. Aquarela, por que fazia tempo que eu não tinha paciência/tempo para usar. 


 Primeira versão apenas nankin.


Segunda versão com a aquarela.

sábado, 3 de dezembro de 2011

We're all mad here..

The Hatter opened his eyes very wide on hearing this; but all he said was, "Why is a raven like a writing-desk?"
"Come, we shall have some fun now!" thought Alice. "I'm glad they've begun asking riddles. — I believe I can guess that," she added aloud.
"Do you mean that you think you can find out the answer to it?" said the March Hare.
"Exactly so," said Alice.
"Then you should say what you mean," the March Hare went on.
"I do," Alice hastily replied; "at least--at least I mean what I say--that's the same thing, you know."
"Not the same thing a bit!" said the Hatter. "You might just as well say that 'I see what I eat' is the same thing as 'I eat what I see'!"
"You might just as well say," added the March Hare, "that 'I like what I get' is the same thing as 'I get what I like'!"
"You might just as well say," added the Dormouse, who seemed to be talking in his sleep, "that 'I breathe when I sleep' is the same thing as 'I sleep when I breathe'!"
(Alice's Adventures in Wonderland, Chapter 7 - A mad tea-party) 







Because it's one of my top5 books... =)

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Era uma vez na praia uma chuva..

lápis de cor Crayola, nankin pena e um pastel seco pro fundo
No último feriado, estava eu, na praia e com chuva. Pois é, algo não muito favorável, mas foi bom sair de Curitiba para variar um pouco. Li um livro que estava comprado há muito tempo e fiz o desenho abaixo. Eu já disse que amo ter uma caixa de lápis de cor com 50 cores? 

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Fim de ano não combina com desenho..

Mil coisas a fazer, e sem tempo para desenhar. Odeio isso. Mas ano que vem tudo será diferente. Chega logo dia 23...

domingo, 23 de outubro de 2011

Seguindo conselhos

Quando mostrei o desenho do post anterior a dois amigos cada um me deu conselho que eu apreendi. O primeiro disse que eu devia usar pena. O segundo disse que eu deveria colocar cor. As duas coisas feitas. Estou gostando do rumo dos desenhos. 

sábado, 8 de outubro de 2011

E muitas ideias e muitos estilos

nankin caneta 0.5

Aulas são muito produtivas. Eu sei que não devia, mas uma sala de aula convida muito a desenhar. Meus últimos desenhos eu tenho planejado. Esse não, saiu natural. E eu gostei do resultado.


sexta-feira, 7 de outubro de 2011

"I'm the wind blowing through your hair..."

      E desenho novo! A inspiração aos poucos vai voltando. Antes eu desenhava sem parar, espero conseguir voltar à ativa logo..

O primeiro está apenas scaneado. Já o segundo, eu trabalhei as cores no photoshop. Vamos brincandinho que sai algo.


PS: Título do post é um trecho da música "This is Halloween"- The Nightmare before Xmas

domingo, 25 de setembro de 2011

as duas metades..

Admito, tenho assistido muito Supernatural. E o assunto da temporada cinco, a temporada em qual empaquei, é os anjos Lúcifer e Miguel. É interessante como eles retratam essas famosas personagens bíblicas no seriado. E é claro que meu novo desenho foi influenciado por isso. 
Gostei do resultado, demorou mais saiu desenho novo.
lápis de cor, aquarela e nankin.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Olhai os lírios do campo..

Caneta 0.2 nova oficialmente inaugurada! Adoro material de desenho novo, dá uma alegria. É como se fosse livro novo... amo! Mas livros alguns livros antigos também tem um cheiro bom.. 
O título do post é uma referência ao homônimo livro do Erico Veríssimo.
nankin (em pincel e caneta) e aquarela

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

E vamos lotar o sketch





Pois é, ideias vindo e indo. E estou gostando dos resultados, coisas diferentes. Eu olho e não acredito que seja produção minha. Pelo menos algo na minha vida muda.

domingo, 28 de agosto de 2011

domingo, 21 de agosto de 2011

A pérola perdida

     Ontem, durante a aula da pós meu professor maluco, com doutorado em lógica, nos apresentou uma série de textos de Chuang tzu. Dentre eles um me chamou a atenção. O título é a pérola perdida. Ele fala sobre uma pérola que o Imperador Amarelo procurava e não achava. A pérola era na verdade, o Amor. Quanto mais se procura, menos se acha. Achei fantástico. Segue o texto e o desenho que eu fiz pensando no texto.


A pérola Amarela por Chuang Tzu


O imperador Amarelo, vagueando,
Foi ao norte da Água Vermelha
À montanha da Kwan Luan. Olhou à volta
Debruçou-se sobre o mundo. Na volta
Perdeu sua pérola cor-da-noite.
Mandou a Ciência procurar a pérola, mas em vão.
Mandou a Análise procurá-la, em vão.
Mandou a Lógica, em vão.
Depois interrogou o Nada, e o Nada a possuía!
Disse o Imperador Amarelo:
“Estranho, deveras: o Nada
Que não foi enviado,
Que não se esforçou por achá-la,
É que possuía a pérola cor-da-noite!”



pastel oleoso, nankin e lápis de cor

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

domingo, 24 de julho de 2011

E as ideias estão surgindo...

Não sei bem daonde veio a inspiração...mas eu gostei.. 
material; nankin com bico de pena, pastel oleoso e o lápis de miami multicolor

sexta-feira, 22 de julho de 2011

E se o céu não fosse só azul..

Queria brincar de um modo diferente com a aquarela e acho que consegui. As partes não pintadas eu pintei de giz branco antes de passar a aquarela. A Jane e a Medeia, em um morro, vendo o céu de um modo diferente, fisicamente impossível, mas.. o bom é que a imaginação não segue regras da física... 

quinta-feira, 14 de julho de 2011

terça-feira, 28 de junho de 2011

Deatlhy hallows

Alguns dias para  a estreia e eu fiz esse desenho inteirinho no Corel, dá para acreditar?
Baseado em um que eu vi na net por aí.. claro que o meu ficou bem mais lindo!

terça-feira, 21 de junho de 2011

Sweet dream..


Desenho feito com bico de pena, lápis multicolor de Miami, pastel seco rosa e lápis de cor rosa... ufa! fim da lista.
Adoro juntar várias técnicas. 
Essa ideia surgiu ao ver o lápis que as minhas alunas trouxeram de Miami pra mim. Lindas!

terça-feira, 7 de junho de 2011

Jane Austen´s Pride and Prejudice


aquarela



A semana do dia dos namorados merece um dos romances mais lidos de todos os tempos..

"In vain I have struggled. It will not do. My feelings will not be repressed. You must allow me to tell you how ardently I admire and love you."
Elizabeth's astonishment was beyond expression. She stared, coloured, doubted, and was silent. This he considered sufficient encouragement; and the avowal of all that he felt, and had long felt for her, immediately followed. He spoke well; but there were feelings besides those of the heart to be detailed; and he was not more eloquent on the subject of tenderness than of pride. His sense of her inferiority-- of its being a degradation-- of the family obstacles which had always opposed to inclination, were dwelt on with a warmth which seemed due to the consequence he was wounding, but was very unlikely to recommend his suit."


Pride and Prejudice - Jane Austen


segunda-feira, 6 de junho de 2011

domingo, 5 de junho de 2011

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Dia do Orgulho Nerd - 25 de maio

Para comemorar o dia do orgulho nerd, um dia atrasado, mas...
Um nerd meio padrão e a Jane, apaixonada por ele... Nerds são realmente apaixonantes...=D

lápis de cor aquarlável aquarelado e nankin

segunda-feira, 23 de maio de 2011

terça-feira, 17 de maio de 2011

Um outono de ideias...

Sem muita inspiração, apesar da minha cabeça estar cheia de coisas... Apenas a Jane mostrando alguns dos pensamentos, por óbvio não cabem todos no papel..

terça-feira, 10 de maio de 2011

terça-feira, 26 de abril de 2011

Era uma vez...um conto de fadas super moderno

      Prepare-se, tudo o que você conhece está para mudar. Falo do que a sua mãe te contava quando você era pequeno. Sabe aquelas garotas como chapeuzinho vermelho, a Bela (A Bela e a Fera), Cinderela? Todas elas radicalizaram. Ou melhor, foram radicalizadas. Os contos de fada mudaram. Afinal Hollywood requer precisa de algo inovador.
       A primeira da fila foi a Cinderela, foram feitos dois filmes o primeiro com a Hilary Duff e o segundo com a Selena Gomez, ambos feitos pela Disney. A nova Cinderela (2004) e Outro conto da nova Cinderela (2008), respectivamente. Foi algo inocente e no estilo comédia romântica. Típicos filmes de sessão da tarde. O sapatinho de Duff era um celular e ela trocava e-mails com o príncipe que era o garoto popular da escola. É claro, que ele tinha uma crise existencial e ela era a outra metade dele. O da Gomez também era desse jeito melado. Foram apenas modernizados. 
       Ontem, fui ao cinema com a minha irmã assistir "A garota da capa vermelha". Sim, é a antiga chapeuzinho vermelho, agora representada pela atriz Amanda Seyfried. A vovó continua na floresta, ainda tem lenhadores, ah, e o lobo mau? Virou um lobisomem. pois é,o mundo mudou minha gente. Chegou a era do Crepúsculo e de um monte de literatura fantástica teen. A diretora do filme é a mesma da adaptação às telas do primeiro filme da saga Crepúsculo.   
       Apenas algo a título de curiosidade e reflexão. Quando os Irmãos  Grimm "escreveram" os famosos contos, entre eles o da chapeuzinho, eles tinham fundo moral. Mas não no sentido de "não fale com estranhos" que colocamos, e sim no sentido de que belas garotas são facilmente seduzidas por caras como o lobo, machos alfa. Os contos grimm eram como histórias para apavorar, e mostrar a realidade que acontecia. para nós é tudo muito infantil. Porém quando foram originalmente relatados, eles serviam como alerta a crianças e jovens. 
         Voltemos ao filme, um lobisomem, uma garota revolucionária com capa vermelha ( também dada pela vó) e a vó. Temos muitos outros elementos no filme, como adúlterio, o poder da igreja e da crença. Quando comecei a assistir ao filme fiquei pensando o que fizeram? Contudo, não é muito diferente da ideia original. O filme é um tanto sombrio, e tem o seu certo nível de suspense. Apenas nos últimos dez minutos de filme descobrimos a identidade do Lobisomem. Hollywood com certeza inovou e cativou. Algumas pessoas não entendem que quando uma obra é adaptada ao cinema, a obra literária é base. Apenas base. Não cabe colocar tudo o que havia no livro ou é preciso adaptar ao tempo atual, inovar. Todo mundo conhece os antigos contos de fada, e se a Dreamworks e a Pixar(disney) mudaram tanto as histórias originais, por que não deixá-las mais adultas? O cinema tem adaptado diversas obras ao cinema, nào só clássicos literários, a Marvel vem lucrando um bocado as adaptações feitas. 
    Que fique bem claro que não estou falando de fotografia, direção, ou outros componentes que avaliam um filme como arte cinematográfica. Apenas uso o filme para exemplificação do resultado da tradução do livro para o cinema. Por que é um processo de tradução, segundo Jakobson, um processo de tradução intersemiótica que prevê o texto de chegada sendo de uma forma diferente do texto de partida. 
     Lançado em Março nos EUA, o conto de fadas da vez é A Bela e a Fera . Um garoto rico, lindo e mimado que encontra uma bruxa moderna que lança nele um feitiço antigo. A premissa é a mesma, achar o amor verdadeiro. Os atores protagonistas são Vanessa Hudgens (HSM), Alex pettyfer (I Am number four) e  Mary-kate Olsen( precisa de lista de filmes?). O filme é entitulado "A fera" e  eu não localizei a data de lançamento do filme no Brasil. Vamos ver qual será o novo resultado. Por que com certeza essa não será nem a primeira nem a última adaptação.


Links dos filmes no IMDB:
A garota da capa vermelha: http://www.imdb.com/title/tt1486185/
Outro conto da nova Cinderela: http://www.imdb.com/title/tt1071358/ 

Perfil do Jakobson (Linguista Russo) no wikipedia:



quinta-feira, 14 de abril de 2011

Pessoas chatas não são chatas por acaso..

elas simplesmente são chatas ao nível de ficar pedindo desenho...humpf!
Só por que é aniversário desse mala, e aproveite esse único dia no ano que é seu (e de todo mundo que nasceu nesta data), eu fiz esse segundo desenho dele. 
ah, é parabéns, chato! =D

Versão 2007


Versão 2011

terça-feira, 12 de abril de 2011

Segunda Tatuagem

Feita agora pouco.. ainda vermelha e inchada, a minha nova tattoo... =D
Agradecimento especial aos fotógrafos Índia e Lipe ;)

Primeira tentativa de Illustrator

A Jane e a Medeia editadas no Illustrator, primeira tentativa feita com a instrução oral de um amigo. Vou colorir assim que tiver tempo (e aprender).


domingo, 10 de abril de 2011

quinta-feira, 31 de março de 2011

Uma inspiração veio..

Eu vi o desenho de uma máscara e saiu esse desenho meio Sakura Card Captors meio Julieta (Claire Daines).


terça-feira, 22 de março de 2011

Inspiração dupla

Inspiração do desenho abaixo é dupla: metade Helena Kolody e metade Katy Perry..

“Deus dá a todos uma estrela. Uns fazem da estrela um Sol. Outros nem conseguem vê-la”. - Helena Kolody


Firework

Do you ever feel
Like a plastic bag
Drifting through the wind
Wanting to start again

Do you ever feel,
Feel so paper thin
Like a house of cards
One blow from caving in

Do you ever feel
Already buried deep
Six feet under screams
But no one seems to hear a thing

Do you know that there's
Still a chance for you
Cause there's a spark in you

You just gotta
Ignite the light
And let it shine
Just own the night
Like the 4th of July

Cause baby you're a firework
Come on show 'em what you're worth
Make 'em go "Ah, ah, ah!"
As you shoot across the sky "Ah, ah!"

Baby you're a firework
Come on let your colors burst
Make 'em go "Ah, ah, ah!"
You're gonna leave them all in "awe, awe, awe"

You don't have to feel
Like a wasted space
You're original,
Cannot be replaced
If you only knew
What the future holds
After a hurricane
Comes a rainbow

Maybe a reason why
All the doors are closed
So you could open one that leads
You to the perfect road
Like a lightning bolt,
Your heart will glow
And when it's time, you'll know

You just gotta
Ignite the light
And let it shine
Just own the night
Like the 4th of July

Cause baby you're a firework
Come on show 'em what you're worth
Make 'em go "Ah, ah, ah!"
As you shoot across the sky "Ah, ah!"

Baby you're a firework
Come on let your colors burst
Make 'em go "Ah, ah, ah!"
You're gonna leave them all in "awe, awe, awe"

Boom, boom, boom
Even brighter than the moon, moon, moon
It's always been inside of you, you, you
And now it's time to let it through

Cause baby you're a firework
Come on show 'em what you're worth
Make 'em go "Ah, ah, ah!"
As you shoot across the sky "Ah, ah!"

Baby you're a firework
Come on let your colors burst
Make 'em go "Ah, ah, ah!"
You're gonna leave them all in "awe, awe, awe"

Boom, boom, boom
Even brighter than the moon, moon, moon
Boom, boom, boom
Even brighter than the moon, moon, moon


domingo, 20 de março de 2011

Jane formanda...

Jane e Medeia - a ser editada no Corel para ficar colorida e mais linda. Em comemoração à minha formatura!